fbpx

Os 4 maiores riscos ao não registrar sua marca

riscos ao não registrar a marca

Ao criar um novo negócio, o empreendedor tem diversas coisas para pensar. Desde um nome criativo, um logotipo atrativo, estratégias para atrair clientes, qualidade do serviço/produtos, dentre outros.

Durante esse processo, nem sempre o registro da sua marca está nas prioridades.

Acontece que existem diversos riscos ao não registrar a marca.

Por isso, é muito prudente que isso esteja entre as primeiras atividades do check list.

Nesse artigo, separamos os 4 maiores riscos ao não registrar a sua marca!

E quais são os riscos ao não registrar a marca?

  • Prejuízos financeiros

Naturalmente, ao criar uma marca, muitos são os investimentos financeiros. É necessário ter uma identidade visual, site, materiais gráficos, investimentos em marketing e publicidade, dentre muitos outros.

Além disso, é demandado muito tempo durante esse processo de criação.

Parece uma situação comum, porém, o que acontece com frequência é que a qualquer momento o proprietário terá de mudar a marca e todos os seus materiais, devido à falta de registro.

  •   Usar marca de outro titular

Este caso é um desdobramento da situação anterior, afinal, o uso sem autorização de uma marca pode levar de notificações extrajudiciais até processos judiciais e indenizações altas.

Isso porque, ao utilizar uma marca sem registrá-la, facilmente você poderá estar usando uma marca registrada por terceiros.

Para evitar este tipo de problema, a dica é: faça uma busca gratuita para descobrir a existência da marca e, caso não tenha dono, registre!

  • Concorrência desleal

O registro de marca é a única forma legal para protegê-la da concorrência desleal de outras empresas.

Dessa forma, evita-se a perda de clientes, que podem acabar sendo confundidos pela concorrência.

  • Não possuir os direitos legais

Ao solicitar o registro de marca ao órgão federal, o Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI, o titular recebe um título de concessão da marca.

Este título tem validade de 10 anos a partir da data da emissão do certificado.

Esse prazo poderá se prorrogado por mais 10 anos, sucessivamente.

Ao obter o título emitido pelo INPI, o titular terá todos os poderes sobre a marca, como exclusividade e impedimento do uso sem autorização.

Não quero correr os riscos. Vou registrar a marca!

Para quem ainda não conhece bem o assunto, o processo de registro de marca pode parecer bem complicado.

Por isso, a Direção é especialista em processos de registro de marcas, patentes, softwares, aplicativos, direitos autorais e demais serviços administrativos e assessoria jurídica.

Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas com um de nossos especialistas.

Preencha nosso formulário aqui e receba um retorno!