7 invenções mais curiosas que você não conhecia

As invenções estão presentes no nosso dia a dia para facilitar a realização das diversas tarefas diárias. Porém, as ideias nunca acabam. Sempre existe algo de novo para inventar e que ninguém havia pensado antes, além do aperfeiçoamento das facilidades já existentes.

Abaixo, confira 7 invenções que são muito interessantes e que, muito provavelmente, você ainda não viu por aí!

1 – Caneca com espaço para colocar biscoitos

invenções

2 – Cortador de pizza em forma de tesoura

invenções

3 – Espremedor de creme dental

invenções

4 – Janela para o seu cachorro olhar o movimento da rua

invenções

5 – Borrifador de frutas cítricas

invenções

6 – Caneca com tranca que impede que outras pessoas a utilizem

invenções

7 – Separador de clara e gema em forma de peixinho

invenções

Todas essas criações precisam receber o devido registro de patente junto ao órgão competente do país, para que não sejam copiadas e reproduzidas sem autorização do titular. Parece tarefa fácil solicitar o processo de registro, porém a consultoria de uma empresa especializada é primordial para o sucesso do pedido.

O primeiro critério para o sucesso do pedido é saber se a invenção se enquadra nos requisitos de patente. A seguir explicamos quais são eles.

Tipos de patente

No Brasil, existem dois tipos de patente. É importante ficar atento a qual deles o invento se encaixa.

Patente de Invenção – PI

É concedida para uma invenção totalmente nova e que solucione um problema existente, além de atender aos requisitos de aplicação industrial e atividade inventiva. A validade é de 20 anos.

Patente de Modelo de Utilidade – MU

Trata-se de um aperfeiçoamento industrial novo, ou seja, uma melhoria funcional na fabricação ou uso de um objeto existente. A validade é de 15 anos.

Passo a passo do registro de patente

A Direção Marcas e Patentes realiza todo o processo de registro, do início ao fim,

– Pesquisa: antes de solicitar o pedido de registro de patente, é recomendável realizar uma busca de anterioridade, para identificar a existência de eventuais pedidos semelhantes. Caso seja algo inédito, é só dar prosseguimento ao pedido, atendendo aos 3 requisitos: Novidade, Aplicação Industrial e Atividade Inventiva.

– Documentação: será solicitado o conteúdo técnico necessário, que descreva claramente o produto ou tecnologia que se deseja patentear, tais como Relatório, fotos, descrição, dentre outros.

– Acompanhamento: depois da elaboração e apresentação do pedido junto ao INPI, é preciso acompanhar o pedido até o final do processo, e posteriormente, durante toda a vigência.

Quer saber mais? Entre em contato conosco para fazer um diagnóstico gratuito do seu invento e faça já seu registro de patente.

Por Leila Moreti

Jornalista e redatora de conteúdo na Direção Marcas e Patentes


28 de setembro de 2019|Registro de Patente|