Notícias

Mais uma do Google: lentes de contato para diabéticos.

Depois de criar os óculos inteligentes, o Google pretende surpreender mais uma vez com algo absolutamente inédito, aliando tecnologia à saúde das pessoas. A empresa anunciou recentemente o lançamento de uma lente de contato para diabéticos, capaz de medir o nível de glicose pela lágrima do usuário.

A lente inteligente conta com uma espécie de chip embutido, que rastreia e avisa a pessoa se é preciso tomar medidas quanto ao nível de açúcar no sangue.

“Pode não parecer, mas deu muito trabalho para deixarmos tudo tão pequeno”, afirma Brian Otis, pesquisador do Google.

A glicose será taxada por um sensor uma vez por segundo, e os dados serão enviados por meio de um […]

Empresas sofrem com a quebra de propriedade intelectual.

A Gaiofato e Tuma Advogados Associados dá exemplos e dicas para encarar o problema
Inovar dentro de uma empresa nos dias de hoje não é fácil, mas preservar essa ideia é ainda mais difícil. Por isso, a Propriedade Intelectual foi implantada para proteger e dar exclusividade a todas as criações decorrentes da capacidade intelectual humana em caráter científico, industrial, literário e artístico.
A proteção é dividida em propriedade industrial, que abrange marcas, patentes, indicações geográficas, desenho industrial e até mesmo proteção de cultivares; e direito autoral, que envolve obras literárias e artísticas, programas de computador, domínios da Internet e cultura imaterial.
O recente caso de uma empresa chinesa especializada […]

ICTs brasileiras estão mais conscientes sobre propriedade intelectual.

As instituições científicas e tecnológicas (ICTs) do País estão mais conscientes sobre a importância de políticas públicas de proteção de tecnologias desenvolvidas. Dados divulgados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) no Formulário para Informações sobre a Política de Propriedade Intelectual das ICTs do Brasil (Formict), referentes ao ano-base 2012, mostram um crescimento de 9,7% na participação das instituições em relação a 2011.

Um total de 193 instituições enviaram informações por meio do formulário eletrônico disponibilizado de janeiro a abril deste ano pelo  MCTI, sendo160 ICTs públicas e 33 ICTs privadas, contra 176 no anterior. Assim, foram registrados 1.769 pedidos de proteção intelectual no ano-base, que apresentaram um aumento de 85,2% em pedidos relativos a programas […]

INPI oferece curso em dois estados – mudança de data.

Em setembro, o INPI oferecerá dois cursos para os profissionais que trabalham com informação de Propriedade Intelectual. Nos dias 3 e 4 de setembro, a Oficina de Monitoramento Tecnológico será realizada na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em Recife, apresentando conceitos necessários à elaboração de estudos de monitoramento tecnológico que utilizem patentes (concedidas ou pedidos publicados) como principais fontes de informação. Em 16 horas/aula, o módulo contará com aulas expositivas e práticas, além da apresentação e desenvolvimento de estudos de monitoramento tecnológico desenvolvidos pelo Centro de Divulgação e Informação Tecnológica (CEDIN) do INPI.

O pré-requisito para os interessados é ter feito o Curso Básico de PI, seja em sistema presencial (promovido pelo INPI) ou à distância (oferecido […]

INPI abre inscrições para seleção do Mestrado Profissional em PI e Inovação 2014.

O INPI publicou nesta quinta-feira, dia 1º de agosto, o edital de seleção do Mestrado em Propriedade Intelectual e Inovação 2014. O curso é gratuito e oferece 25 vagas. Interessados podem se inscrever até o dia 30 de agosto.

As aulas do Mestrado Profissional serão na cidade do Rio de Janeiro, na Academia de Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento do INPI, localizada na Rua Mayrink Veiga, nº 9/18º andar – Centro – Rio de Janeiro – RJ. O curso terá duração de 24 meses e as aulas serão ministradas de acordo com o calendário do curso.

Veja o edital

Lançamento da nova RPI amplia discussão sobre acesso à informação.

O INPI lança na próxima terça-feira, dia 23 de julho, a nova Revista da Propriedade Industrial (RPI), com novidades na área de marcas. E, para marcar a ocasião, o Instituto também convoca seus usuários a darem suas opiniões sobre o acesso aos dados, já que muita coisa mudou desde a criação da Lei de Acesso à Informação, em 2011, e a Revista também reflete este cenário.

No contexto do acesso, uma das novidades é que o INPI não irá mais apresentar o CPF e o CNPJ dos usuários. O CPF passou a ser protegido por ser uma informação pessoal pela Resolução 91/2013, que disciplina os casos de sigilo no Instituto. Seguindo o mesmo critério para todos os […]