Atestar o direito de exploração exclusiva sobre uma criação pode ser ainda mais prático. A Direção conta com profissionais de altíssimo nível para realizar os processos do início ao fim, garantindo total segurança e sigilo.

Patente é um título de propriedade temporária, concedido pelo Estado, através do INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial, sobre uma invenção ou modelo de utilidade que assegura aos inventores de um produto ou processo, o direito de impedir que terceiros produzam, usem ou vendam o produto objeto da patente.

Além de garantir a exclusividade na exploração das características técnicas das suas invenções, as patentes são responsáveis por valorizar e diferenciar o produto ou processo perante o público. E mais: permite que empreendedores(as) ou engenheiros(as) lucrem com a venda ou licenciamento da sua patente.

No Brasil, quem patenteia primeiro é considerado o criador e por isso é fundamental ser ágil para iniciar o processo de registro de patente em todo o território nacional. Nesse sentido, vale ressaltar também que, se existe a pretensão de expansão internacional, recomenda-se patentear o produto nos países em que o mesmo será comercializado.

A Direção Marcas e Patentes oferece toda a assessoria necessária para a realização desse processo nos dois tipos de patentes existentes, isto é, no Privilégio de Invenção (PI), em que a proteção se refere a um produto revolucionário, inovador; e no Modelo de Utilidade (MU), na qual a proteção refere-se ao aperfeiçoamento de um produto já existente.

Conta, também, com expertise para atuar no registro de Desenho Industrial (DI), relacionado à proteção do design ou aparência de um produto que contenha como resultado um visual novo e original, com aplicação industrial. Em meio a essas possibilidades, a Direção auxilia seus clientes na análise e definição da melhor maneira de proteger suas inovações.

Quais são os critérios para patentear suas invenções?

1. Ser nova: Que seja desconhecido do público e do mercado.

2. Conter atividade inventiva: não decorrer de maneira óbvia para um técnico no assunto.

3. Ter aplicação industrial: Que possa ser fabricado em qualquer gênero de indústria.

Qual a importância do registro de patente?

1. Garantia nacional de exclusividade do produto criado ou aperfeiçoado.

2. Proteção comercial e jurídica contra a concorrência desleal, a pirataria e a fabricação indevida.

3. Direito de comercializar ou transmitir a sua patente a terceiros, ou seja, de vender ou licenciar os objetos.

Fique tranquilo(a)!

Os especialistas da Direção Marcas e Patentes elaboram todos os relatórios exigidos para iniciar o pedido e, claro, sempre no mais absoluto sigilo para proteger as suas invenções!

Conte com a Direção Marcas e Patentes para a elaboração, acompanhamento e vigilância do registro do seu produto. Dessa forma, seus direitos ficarão garantidos. Dúvidas? Entre em contato para conversar com os consultores!

SOLICITE UMA CONSULTA

REGISTRO DE MARCA NO INPI

FAÇA UMA PESQUISA DE MARCA COM NOSSOS CONSULTORES

Preencha o formulário e entraremos em contato.

R REGISTRADO ESCUDO

É FÁCIL CONTRATAR

Rápido e sem burocracia

PARCELAMENTO 10X

Consulta grátis! Sem compromisso.

Conheça nossas filiais

ESCRITÓRIOS